NEWS | A posição do New Order (e a nossa) sobre o processo movido por Peter Hook

JS46392250A matéria publicada ontem no Manchester Evening News – e repercutida na mídia em geral ao longo do dia – sobre a versão de Peter Hook e de seus advogados a respeito da ação movida nos tribunais pelo baixista contra seus ex-companheiros de New Order não ficou sem resposta. Ontem mesmo, em seu site oficial, a banda publicou uma breve nota deixando claro que o que Hook e seus defensores chamam de “apropriação indébita”, seria, na verdade, a tentativa do baixista de abocanhar uma fatia maior do que a banda passou arrecadar com o trabalho feito sem ele, uma vez que “Hooky” continuaria recebendo integralmente royalties referentes ao catálogo anterior do New Order. Vejam a nota, com tradução exclusiva do nosso blog:


NA SEQUÊNCIA DOS DIVERSOS RELATOS NA MÍDIA
Segunda-feira, 30 de novembro de 2015, 21:41

Obviamente, a banda está desapontada com a maneira particular com a qual Peter está prosseguindo com sua reivindicação. Os relatos [na mídia] até agora assumem uma série de coisas fora de contexto. Por exemplo, Peter ainda recebe sua cota integral de direitos autorais relativos ao catálogo. Esta disputa se refere apenas à parcela da renda que ele recebe de nosso trabalho sem ele desde 2011.

Não temos muito mais a dizer a não ser que nada foi decidido pelo Tribunal de Justiça sobre os outros fatos que ele têm o direito de prosseguir reivindicando, de maneira que este assunto ainda está em processo.

Seguimos em frente, nos concentrando na turnê e na promoção de nosso novo álbum.


Segundo o site Entertainment Weekly, em matéria publicada ontem após a divulgação da nota do New Order, o juiz que vem tratando do caso, David Cooke, teria dito a Hook que ele poderia prosseguir com o processo se assim desejar, mas que recomenda um acordo amigável com a banda por fora dos tribunais. Em declaração dada a Rolling Stone (ontem também), Peter Hook disse o seguinte: “Naturalmente, eu estou satisfeito com a decisão tomada sobre o meu pedido à Suprema Corte de Londres na semana passada. É em meu favor e justifica a postura que eu tomei. O juiz destacou uma série de pontos importantes ao dar seu julgamento e rejeitou diversos argumentos dos réus. Os custos de ambas as partes, neste caso, são muito importantes. Eu fiquei obviamente muito satisfeito com o juiz ordenando os réus a pagarem os meus. Estou muito feliz com o resultado e é um bom agouro para o futuro. Sou grato à minha equipe jurídica pelo trabalho duro empreendido para alcançar essa decisão”.

O que me desaponta como fã nem é tanto a disputa em si. O maior problema é a hipocrisia do Sr. Hook. Eu o admiro como músico. Como artista, já nem tanto quanto antes (afinal, há anos que ele se limita a esses shows que celebram o catálogo do Joy Division e do New Order, sem apostar em nada novo do ponto de vista criativo). Como ser humano, acho que já não restou muita coisa para admirar. Porque é fácil falar coisas do tipo “isso que está aí não é New Order, é uma outra coisa fingindo ser o New Order” e, ao mesmo tempo, afirmar ter direito de tirar proveito financeiro de algo que ele diz não ser o que ele teria ajudado a construir ao longo de quase três décadas. É contraditório. Afinal, como eu escrevi no post de ontem, do jeito em que as coisas estão, para ele o Bernard pode até chamar a banda de Joy Division novamente… desde que pague a Hook uma “justa” quantia para isso. Porque se o New Order, que teria sido “enterrado” com a morte de Rob Gretton (palavras dele), pode ter sua permissão para continuar existindo às custas de 12,5% de participação nos ganhos atuais dos outros sobre shows e merchandising, porque não o Joy Division, extinto com o enforcamento do Ian Curtis?

Visite também nosso Instagram:
http://instagram.com/neworderbrfac553 Instagram

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s