NEWS | Ex-baixista põe acervo particular à venda

IMG-20150812-WA0000

Peter Hook põe no prego seu acervo pessoal

Foi amplamente divulgado na imprensa do mundo todo – e aqui no blog também – que em quatro anos (2011-2015) o New Order faturou £ 4 milhões (aproximadamente R$ 22 milhões) somente com shows e merchandising (os números são anteriores ao lançamento do CD Music Complete). Pelo visto, o faturamento do ex-baixista da banda, Peter Hook, não deve ter chegado nem perto disso. Apesar de rodar o mundo todo com shows-tributo às duas bandas que ajudou a criar (o Joy Division e o New Order) ao lado do grupo The Light, de ser proprietário de uma casa noturna chamada FAC 251 The Factory e de ter o controle exclusivo sobre o licenciamento da marca The Haçienda, “Hooky” parece não querer ficar atrás dos seus ex-colegas quando o assunto é o saldo da conta bancária. Além da disputa judicial na qual vem reivindicando uma maior participação nos ganhos atuais do New Order, ele agora resolveu remexer no seu porão e colocar no prego algumas relíquias do seu acervo pessoal de objetos e quinquilharias associados à sua carreira musical.

O baixista lançou recentemente o site Peter Hook Private Collection, no qual vem disponibilizando aos poucos tudo o que manteve guardado em casa ao longo de 37 anos e que tem relação com suas passagens por Warsaw, Joy Division e New Order, além dos projetos solo (Revenge, Monaco etc), e também Haçienda, Dry 201 e Factory Records. Em vez de juntar isso tudo e dar um museu à Manchester (afinal, a história da cena musical da cidade, do punk ao britpop, passando por Madchester, faz parte do circuito turístico mancuniano), ele preferiu colocar tudo a venda. Alguns itens são bem curiosos – e caros. Dentre eles uma foto da turma do terceiro ano de 1969 da Salford Grammar School na qual Hook e (agora seu desafeto) Bernard Sumner (vocalista e guitarrista do New Order) aparecem juntos. Essa “preciosidade” custa £ 1 mil (R$ 5.710)! Mas diversos outros objetos estão marcados como “preço sob consulta” – price on asking ou “POA” em inglês. São o caso de alguns instrumentos musicais, dentre eles: réplica de um baixo Gibson EB-0 (o primeiro comprado por Peter Hook e usado na época do Warsaw), baixo Hondo II (réplica de um Rickenbacker, usado no Joy Division), baixo de seis cordas Shergold Masquerador e a guitarra Phantom, da Vox (a que foi usada por Ian Curtis no vídeo promocional de “Love Will Tear Us Apart”). Todos vêm com o case incluído.

Bom, a verdade é que não se podia esperar menos de quem havia chegado ao ponto de vender discos, livros e camisetas já autografados…

peterhookprivatecollection.com

Visite também nosso Instagram:
http://instagram.com/neworderbrfac553 Instagram

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s