REVIEW | CD “Ghosts of Christmas Past (Remake)”

81eBGLnPSML._SL1200_Papai Noel trouxe bons presentes para os fãs do New Order neste finzinho de 2015: além do novo single, “Tutti Frutti”, lançado em formatos físicos (CD e vinil de 12″) no dia 11 de dezembro, a gravadora belga Les Disques du Crépuscule (re)lançou a compilação Ghosts of Christmas Past (Remake) em uma versão expandida (disco duplo) que inclui duas faixas gravadas pelo New Order em 1982 e que até este momento não tinham sido lançadas oficialmente em mídia digital (“Rocking Carol” e “Ode to Joy”). Nosso review em vídeo de “Tutti Frutti” ainda não ficou pronto, mas os fãs poderão conferir por ora nossa análise em detalhes de Ghosts of Christmas Past. O CD (duplo nessa nova edição) traz, além de New Order (que aparece creditado com seu “alter ego” Be Music), Section 25, Durutti Column, The Wake, Simon Topping, Marsheaux, Aztec Camera, entre outros. Mais uma vez, faço votos para que gostem do vídeo. Aquele abraço!

Visite também nosso Instagram:
http://instagram.com/neworderbrfac553 Instagram

NEWS | Raridades natalinas do New Order são relançadas em CD

fac51bCaçadores de obscuridades do New Order, atenção: a gravadora belga Les Disques du Crépuscule, originalmente fundada por Michel Duval e Annik Honoré (a falecida ex-groupie de um certo Ian Curtis) em 1980, lançará em formato digital, pela primeiríssima vez, duas raras faixas gravadas pelo New Order em 1981 que haviam sido editadas em um flexi-disc promocional dado como brinde em um evento natalino na Haçienda em 1982. Foram distribuídas, na época, apenas 4.400 cópias do disquinho que ficou conhecido como X-Mas Flexi (FAC 51b). As faixas se chamam “Rocking Carol” (um tradicional tema de natal tcheco) e “Ode to Joy” (isso mesmo, é a própria “Ode à Alegria” de Beethoven). Como o flexi-disc não creditava o autor das performances, durante muitos anos ninguem soube exatamente quem estava por trás dessas duas soturnas reinterpretações eletrônicas, até que um dia foi confirmado que o New Order era o responsável pelas gravações. As duas canções reaparecem agora em uma versão expandida em CD duplo da compilação Ghosts of Christmas Past, que a Les Disques du Crépuscule havia lançado originalmente em vinil há 34 anos. Todavia, as faixas não estão creditadas ao New Order, mas, sim, à Be Music – antiga editora musical de propriedade da banda que também serviu de “pseudônimo” para os seus integrantes quando estes estavam envolvidos com o trabalho de outros artistas como produtores, remixers ou mesmo como músicos convidados. As gravações estão longe – e põe longe nisso – de serem obras primas e servem mais para saciar a curiosidade daqueles que têm interesse específico sobre o desenvolvimento do grupo no campo da música eletrônica. Vale mencionar também que Ghosts of Chritsmas Past traz outros nomes conhecidos entre os fãs do New Order, como The Durutti Column, Cabaret Voltaire, The Wake, Thick Pigeon, além de uma “curiosa” canção do duo grego Marsheaux: “We Met Bernard Sumner at a Christmas Party” (trad.: “Nós conhecemos o Bernard Sumner em uma festa de Natal”), que também não fazia parte da compilação original.

81eBGLnPSML._SL1200_

Visite também nosso Instagram:
http://instagram.com/neworderbrfac553 Instagram

Agora também no Fotolog:
http://www.fotolog.com/fac553 fotolog-logo